Consultório Largo do Machado:
Largo do Machado, 54/1106
(Flex Center)
Central de agendamento
Consultório da Barra da Tijuca:
Av. Jorge Curi, 550 / sala 327
(Centro Médico do Americas Medical City)
Tel.: 3444-5927 ou Central de agendamento
Consultório de Ipanema:
Rua Visconde de Pirajá, 430/806
Tel.: 3205-7035 e 96424-5090 ou
Central de agendamento

© Copyright 2015 por Domingos Bica - Urologia Pediátrica

EPIDIDIMITE
Epididimite é a Infecção ou inflamação do epididimo (estrutura conectada ao testículo), a qual desencadeia dor intensa em bolsa escrotal, frequentemente acompanhada de vermelhidão e inchaço local.
O que causa epididimite?

 

Frequentemente, a epididimite é causada pela propagação de infecção da uretra e bexiga. Nos meninos com fimose ou excesso de prepúcio existe colonização bacteriana e pode ocorrer a migração retrógada pelos ductos ejaculadores. Outras possibilidades são o trauma direto ou a torção de apêndice testicular.
Quais os sintomas da epididimite?

 

  • dor de início brando que vai aumentando de intensidade com o passar do tempo.
  • aumento do volume testicular
  • bolsa escrotal inchada e avermelhada
  • febre
  • secreção uretral
  • dor para urinar
Como é feito o diagnóstico da epididimite?

 

Geralmente, o Urologista Pediátrico poderá diagnosticar o problema através do histórico do paciente e do exame físico da criança. Poderá ser necessário uma ultrassonografia da bolsa escrotal e exame de urina.
 
ATENÇÃO - menino com dor escrotal de início súbito deve ser avaliado em caráter de emergência para afastar o diagnóstico de torção testicular. 
A epididimite é um problema muito sério?

 

Geralmente, não. Entretanto, deverá ser tratada de forma correta para evitar complicações.  
A epididimite deve ser operada?

 

Não. O tratamento é clínico com analgésicos, anti inflamatórios, algumas vezes antibióticos e outras medidas de suporte. Após a fase aguda, os meninos que apresentarem fimose ou excesso de prepúcio passam a ter indicação de correção cirúrgica para evitar recidivas.